Quarta, 03 de Março de 2021 18:42
(49) 3347-0131
Saúde Saúde

Você sabe o que é TOC?

Transtorno Obsessivo Compulsivo

22/02/2021 13h14 Atualizada há 1 semana
45
Por: Liliane dos Santos
Você sabe o que é TOC?

Transtorno Obsessivo Compulsivo (conhecido também por TOC) é uma doença crônica que aflige muitas pessoas em todo o mundo. Ela faz parte dos transtornos de ansiedade e se caracteriza pela presença de sintomas obsessivos e/ou compulsivos.

TOC muitas vezes passa despercebido por um longo período de tempo, o que propicia o agravamento dos pensamentos e comportamentos obsessivo-compulsivos. 

São dois os sintomas que se apresentam no TOC, sendo que não existe uma regra sobre qual a intensidade e ocorrência de cada um deles.

As obsessões são as ideias, pensamentos, cenas ou imagens que surgem na mente da pessoa persistentemente. Elas se repetem constantemente sem que o indivíduo tenha controle sobre elas. Podem ou não ser seguidas de comportamentos que surgem com a função de neutralizá-las. As obsessões causam ansiedade e desconforto, pois são percebidas pela pessoa como pensamentos intrusos e estranhos. O indivíduo que sofre com as obsessões percebe que elas vêm de sua mente e não de fora, reconhece que elas são irracionais e que atrapalham suas atividades rotineiras, tenta evitá-las com comportamentos, não pensando no problema ou pensando em outras coisas.

As compulsões são comportamentos repetitivos que o indivíduo realiza para diminuir a ansiedade gerada pelos pensamentos obsessivos. Esses comportamentos ocorrem de maneira excessiva e sua função é prevenir ou aliviar o desconforto gerado pelas obsessões. Porém, vale ressaltar que o comportamento compulsivo pode ocorrer sem a presença da obsessão.

O tratamento ideal para o Transtorno Obsessivo-Compulsivo inclui a terapia, o uso de medicação indicada pelo psiquiatra, educação sobre o transtorno e apoio familiar. A pessoa com TOC precisa de ajuda e compreensão para não ser mal interpretada. Na psicoterapia, o psicólogo atua para reduzir os pensamentos obsessivos e distorções cognitivas, bem como os comportamentos compulsivos, modelando-os de maneira mais adaptativa.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias